Criar Server CSS – Counter Strike Source

Requerimentos de sistema


Primeiro requerimento básico é uma boa conexão, Não adianta se é 1mb, 2mb até 8mb… essas velocidades comumente divulgadas pelos provedores de banda larga (Velox, Speedy, Way, Virtua, etc) são as velocidades de download. O que 1mb já resolve. Mas o importante é a velocidade de upload, pouco divulgada pelas por essas empresas. Em todos sites dos provedores que entrei, a partir de 2mb já disponibilizava o máximo de upload, que era 600kb, o que dá aproximadamente 12 a 14 slots.

Depois de ter uma boa conexão, vem um bom hardware. O ideal para, no mínimo, 8 slots é 1GB de RAM. Pra rodar 12 a 14 slots, o ideal é, no mínimo, 1,5GB de RAM.

Um bom processador também e essencial para um bom desempenho do servidor dedicado. Um mínimo de 1,6Ghz para 8 slots, variando para 2,0Ghz para 14 slots.


Baixando arquivos e instalando


Primeiro passo é baixar a ferramenta da valve que baixa os arquivos e mantém o server atualizado, com os updates da valve. Para isso Faça o Download do HLDS Update Tool e execute o instalador. Ele vai solocitar uma pasta, no nosso caso vamos utilizar C:\srcds\ conforme a tela abaixo.

hldsupdatetool_01

Após instalar, será necessário executar esse “atualizador” pra ele baixar todos arquivos necessários para execução. Seria necessário executar a seguinte linha de comando, ou criar um atalho na mesma pasta (c:\srcds\) com os seguintes parâmetros:

c:\srcds\hldsupdatetool.exe -command update -game "Counter-Strike Source" -dir .\css

Na primeira vez que executar, ele fará o download de todos arquivos necessários para a pasta css, dentro da pasta c:\srcds. Mas pode preparar uma noitada pra deixar baixando, porque no total deve dar mais ou menos 1,25 GB só de arquivos. E a velocidade não fica sempre nas melhores. Daí, toda vez que executar esse atalho (ou comando) ele atualizará o servidor, baixando apenas atualizações. (Calma que são poucas Quando possui)

Criando o ’server.cfg’

Não sei se acontece com todos, mesmo depois de tudo pronto e ainda ter executado, o servidor pode não criar o arquivo com as configurações, e apenas utilizar os valores padrão. Então aqui vai um link com um “gerador de server.cfg”. Lembrando que o arquivo gerado deverá ficar na pasta: cstrike\cfg, dentro da pasta de criação do servidor, ou seja, no nosso caso o caminho completo do arquivo seria: c:\srcds\css\cstrike\cfg\server.cfg.

Criando Atalhos na Área de Trabalho


Simples. Clica com o botão direito no Desktop » Novo » Atalho. No campo “linha de comando”, preencher com:

C:\srcds\css\srcds.exe -autoupdate -game cstrike -tickrate 66 +mp_dynamicpricing 0

Rápida Explicação

-autoupdate: atualizar o server automaticamente, sempre que houver nova;

-game cstrike: pasta do conteúdo do jogo, cstrike;

-tickrate 66: tickrate é uma hitorinha um pouco mais complicada, mas basicamente variam entre 33, 66 e 100. Quanto maior, maior a taxa de atualização entre servidor cliente; maior também os recursos consumidos do computador. 66 é um ótimo valor;

e por fim, +mp_dynamicpricing 0, isso é pra tirar o preço dinâmico da Valve, que faz uma Eagle valer mais de 1300$.


Bom, agora é a parte mais fácil, só iniciar. Clica 2x no atalho. A interface é bem simples e não tem segredo nenhum. Olha:

janela principal srcds

Detalhando:

  • Game: nome do jogo (counter-strike source)
  • Server name: nome do server pra aparecer na lista do steam
  • Map: mapa que vai começar
  • Network: Rede… internet e lan, ou só lan
  • Max players: Quantidade máxima de jogadores. Slots. (depois de iniciar o server, só consegue alterar se reiniciá-lo).
  • UDP Port: Porta na qual o server vai funcionar. Importante para pessoas que usam roteador, que é necessário usar o redirecionamento de portas (port fowarding) até o seu ip. Mais informações: portforward.com (selecione de acordo com seu router).
    Normalmente tenho utilizado diferente da padrão (27016), porque algumas operadoras de banda larga tem praticado Traffic Shaping em portas principais de grande utlização/tráfego.
  • RCON Password: Senha utilizada pra “controle remoto” do server, via console.
  • Secure (Valve Anti-Cheat): Nem precisa falar muito. Olha aqui e aqui.

Finalizando


Caso o servidor de lag com você mesmo sozinho siga os seguintes passos.

  • Depois de o server estar executando.
  • Abre o Gerenciador de Tarefas do Windows (Ctrl+Alt+Del… ou Ctrl+Alt+Del » Gerenciador de Tarefas… ou Menu iniciar » Executar… » taskmgr » [enter])
  • Vai na Guia (aba) ‘Processos
  • Procure pelo processo do servidor (srcds.exe)
  • Clica com o botão direito do mouse » Definir Prioridade » Tempo Real (ou, no mínimo, Alta)
Pronto agora é só testar

0 comentários: